espiritualidade

Você pode se comunicar a qualquer momento com seus guias e protetores

Não é necessário intermediários para se comunicar com a espiritualidade. Deus, em seu imenso amor, nos proveu com duas ferramentas maravilhosas para isso: a prece e a intuição.

Você pode se comunicar a qualquer momento com seus guias e protetores. Não há limite de tempo ou espaço. E como podemos fazer isso? Basta elevar sua vibração e escutar.

Tal como como um aparelho de rádio, é necessário sintonia com as frequências corretas. Há várias técnicas para isso, todas vão exigir , paciência, persistência e pensamento positivo.

Isto porque o mundo espiritual é largamente povoado. As mais diferentes entidades, com diferentes intenções e energias habitam-no. Para uma experiência agradável e proveitosa, é necessário que a comunicação aconteça com os bons espíritos.

Mas quem são exatamente seus guias e protetores?

Os mentores

São os espíritos de luz, que nos acompanham para nos auxiliar a cumprir nossa missão e a progredir moral e espiritualmente.

Alguns, antes mesmos de encarnarmos, já nos acompanham. Foram incumbidos de nos orientar. Suas missões estão estreitamente ligadas à nossa evolução espiritual. São os conhecidos como mentores, anjo de guarda, ou guias.

Estar próximo a eles é especialmente valoroso, uma vez que estão constantemente comunicando-se conosco. Quando queremos saber o caminho ou a decisão correta a ser tomada, recorremos a eles.

Há também os amigos espirituais que associam-se a nós para nos ajudar a realizar determinada missão. No caso, ligam-se às nossas profissões ou atividades.

Um exemplo é na Medicina. Há diversas falanges* que atuam nessa área. Tanto auxiliam os profissionais da saúde a bem cumprir seu trabalho e salvar mais vida, bem como amparam almas daqueles que já é chegada a hora.

E não podemos esquecer dos médiuns, que possuem toda uma estrutura organizada no plano espiritual assegurando a realização de seu trabalho. Por esta razão a mediunidade é uma responsabilidade muito grande.

A comunicação com estes guias, por meio da intuição e da prece, favorece-nos a encontrarmos o nosso propósito nessa vida. E nos fortalecermos em direção a ele. Toda atividade caritativa que é realizada regularmente, mesmo que você não tenha conhecimento, é auxiliada pela espiritualidade.

*falanges são agrupamentos de espíritos organizados em torno de uma identidade em comum

Estamos sempre em comunicação

Em certa medida, somos todos médiuns. Qualquer pessoa, em algum nível, é capaz de sentir e perceber o mundo espiritual. Tal como uma torre de TV, estamos sempre recebendo e enviando informação.

Na maior parte dos momentos, isso acontece num nível inconsciente. Uma simples sugestão, um pensamento, uma ideia que é jogada para você. Essa influência, embora sutil, pode alterar profundamente nosso comportamento.

Quantas vezes não sentimos aquele impulso para não deixar as coisas baratas, o famoso “não levar desaforo para casa”. Outras ocasiões, apesar de todas as probabilidades, tomamos uma decisão que não faz sentido. Ou quando aquela intuição forte diz “não vá para tal lugar”.

Algumas vezes, ficamos angustiados sem nenhuma razão aparente. Em outros momentos, somos movidos por uma força inexplicável a realizar determinado objetivo. E não podemos esquecer daquelas situações, em que surge uma pessoa a qual nunca vimos, porém algo nos sugere de que ela será importante de alguma forma, ou que precisamos tomar cuidado com ela.

Enfim, esses são exemplos da influência da espiritualidade em nossa vida. Esse contato pode ser positivo ou negativo, vai depender de nosso estado vibratório. Quando nossa energia é elevada, atraímos entidades elevadas. Quando nossa vibração está baixa, aproximamo-nos de presenças da mesma natureza.

Apesar disso, é importante ressaltar que nossos guias e protetores nunca nos abandonam. Mesmo que estejamos mergulhados num mar de negatividade, e eles, por este mesmo motivo, não estão conseguindo se comunicar com você, no momento que você chamar a eles, eles virão em seu socorro. A luz sempre vence as sombras.

Mas o que significa exatamente vibração e como alterá-la?

A Ciência da Vibração

Todas as coisas possuem uma energia específica. Tudo que pensamos, sentimos, falamos ou fazemos emite uma determinada energia, ou onda.

As ondas não são iguais umas as outras: numa escala entre nós e Deus, elas posicionam-se em algum ponto. Essa energia não fica parada, está em um constante movimento oscilatório, formando um padrão, a qual chamamos de vibração.

O padrão vibratório pulsa, tal como um coração, irradiando energia sem interrupção. As energias tendem a agrupar-se por afinidade. Dessa forma, quanto você emite uma onda, ela retorna a você em outro momento, favorecendo a aproximando de outras energias da mesma natureza.

Mas o que significa tudo isso? Estamos em constante comunicação com o plano espiritual. Mandando e recebendo informação. Essa contato, contudo, pode ser positivo ou negativo, uma vez que, assim como nós, os espíritos também estão em evolução. A qualidade vai depender da energia que nossa alma emitir. Ou seja, para que possamos ter uma boa comunicação com nossos guias e protetores, é necessário elevar a vibração.

Veja mais: a importância de elevar a vibração.

Outro ponto a ser lembrado, é diferenciar entre a emissão passiva ou emissão ativa de vibração. A emissão passiva é aquela energia que sua alma irradia naturalmente, sem que você esteja tentando de alguma forma interferir nesse processo. É formada a partir do conjunto de sentimentos, pensamentos, palavras e ações que você está habituada a praticar.

religion-3452582_1280
Basta perguntar, a resposta virá.

Por exemplo, se a pessoa é uma daquelas que costumam reclamar de tudo e todos, enchendo os ouvidos das pessoas que encontra em seu caminho, a tendência é a pessoa emitir uma vibração mais negativa. Consciente ou inconsciente, as pessoas sentem isso e se afastam.

Por outro lado, quando nos aproximamos de uma pessoa que está irradiando uma energia positiva, temos uma experiência agradável. Ficamos à vontade, conversamos com mais alegria, as coisas fluem harmoniosamente.

Já a emissão ativa é quando nos concentramos em algum pensamento ou sentimento, multiplicando a vibração desse mesmo pensamento ou sentimento no plano astral. Se, por exemplo, nos concentrarmos na ideia de paz, emitimos, conscientemente, essa energia à nossa volta, atraindo outras da mesma natureza.

Isso favorece enormemente a comunicação com os guias e protetores. Quanto mais elevada nossa vibração, mais puro nossos pensamentos e sentimentos, mais fácil o contato com eles.

É por meio do autoconhecimento, da reforma interna, do exercício da caridade e das práticas espirituais que podemos elevar nossa vibração. Entretanto, não é preciso ter atingindo o mais alto grau de evolução para comunicar-se com seus guias e protetores. Para isso, existe duas técnicas simples e disponíveis a qualquer um: a prece e a intuição.

A oração e a intuição

Apesar de simples, a oração é extremamente poderosa. Muitos são os seus benefícios. Ela é forma mais acessível forma de comunicação com Deus e a espiritualidade. Não se exige nenhum elemento material, nenhum ritual, nenhuma cerimônia. Nem mesmo palavras são necessárias. Pode ser usada apenas pensamentos, ou até mesmo somente sentimentos.

Ela é como uma carta destinada à espiritualidade. E você pode dirigir suas preces aos seus guias e protetores. A resposta virá. Seja pela intuição, seja através de outros sinais. Por esta razão, não basta orar, é necessário estar atento.

Em qualquer momento a oração pode ser realizada. Recomendamos especialmente no momento de acordar e antes de dormir. Fazer disso um hábito será transformador. Você construirá uma fortaleza onde todo dia poderá se abrigar.

Veja mais: aproximando-se dos guias e protetores através da oração

A é o ingrediente primordial da oração. No entanto, caso você sinta que ainda possui dificuldade para entregar-se à espiritualidade, não se preocupe, apenas continue exercitando suas orações. As vibrações positivas produzidas pela prece (emissão ativa) gradualmente transformarão o ser. A fé virá no tempo correto.

É pela intuição que a resposta dos guias e protetores apresenta-se a nós. A forma de mediunidade mais universal. Basta apenas escutar seus pensamentos. Atenção e consciência são fundamentais para um bom proveito.

Dessa forma, quando fazer suas orações, aguarde a resposta. Observe seus pensamentos. Ideais surgirão. Não questione se é seu ou da espiritualidade, mas sim, se é bom conselho. Quanto mais você exercita a intuição, mais fica claro quando ela está agindo.

Dessa maneira, quando sentir que precisa de uma orientação, reserve um tempo para você. Acolha-se num espaço de conforto. Deixe sua mente gradualmente entrar em sintonia com seus guias e protetores. Por meio da prece, agradeça, peça, pergunte. E com a intuição, escute. Deixe a espiritualidade agir em você.

Gostou? Compartilhe, alguém pode estar precisando dessa mensagem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s