A LEITURA COMO UMA FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL

A leitura é mais uma ferramenta à nossa disposição em nossa jornada de autoconhecimento. Não são poucos os benefícios que ela nos oferece. Quem a tem como prática regular sabe o seu valor. Com fonte de vasta sabedoria e conhecimento, ela pode efetivamente nos transformar, permitindo-nos não repetir os erros alheios. Ela é uma das chaves para compreensão do que é o mundo espiritual. Vamos buscar entender.

O hábito da leitura amplia constantemente nossa consciência. Oferece, sobre um mesmo assunto, uma multiplicidade de pontos de vista. E isso é muito importante para o nosso desenvolvimento espiritual, o contato com muitas verdades. Ela alarga nossos horizontes. Faz com que aquilo que era dado como certo e errado, aos poucos, com o contínuo estudo, vá se solapando. Porque há muitos caminhos e saberes disponíveis e, com o tempo, temos que firmar o nosso.

Por meio do estudo, vem a compreensão daquilo que exercemos na prática. Não apenas uma repetição dos nossos antecessores, mas o entendimento das ações realizadas. Ela propicia o aprendizado dos princípios pelos quais são criadas as atividades para a espiritualidade. Isso contribui diretamente para o nosso discernimento: saber separar o que é bom para nós do que não nos faz tão bem, possibilitando, dessa maneira, tomar melhores decisões. Porque nem tudo convém.

A leitura, também, coloca-nos em contato com mensagens edificantes, que nos inspiram a autotransformação. Essa inspiração converte-se em bons pensamentos, que penetram nas profundas camadas da consciência, removendo um pouco da sujeira que encontra em seu caminho e, no final, plantando luz. É mais uma maneira de nos dedicarmos à nossa essência espiritual.  Porque tendemos a esquecer os princípios da espiritualidade que nos propomos a seguir e esta atividade constante mantém viva em nossa mente nossos ideais mais elevados.

O saber, quando bem fundamentado, dá qualidade à nossas atividades, assegurando que atuamos melhor frente às dificuldades de cada dia. A leitura, embora não seja a única fonte de conhecimento e sabedoria, é um excelente instrumento para esse propósito. E, nos dias atuais, ela está disponível em larga escala para a usufruirmos.

A leitura é um alimento para a mente, pois desenvolve amplamente suas faculdades. É um hábito sadio para o amadurecimento das ideias. Mas não basta apenas ler, é preciso colocar em prática o que aprendeu. Dar um sentido prático ao nosso conhecimento. Torná-lo uma força atuante em nossa vida. E para isso não precisamos estar em posse  dos conhecimentos mais ocultos e elevados do universo, o simples é suficiente. Porque todo mundo sabe alguma coisa e esta alguma coisa abre a possibilidade de fazer muito bem para si e para o próximo.

A excessiva leitura, em desequilíbrio, pode, entretanto acarretar alguns problemas. O maior é arrogância intelectual, daquele que se considera maior do que os irmãos por acreditar saber mais que eles. Deve-se frisar que a leitura não é a única fonte de conhecimento e sabedoria. Não nos torna, necessariamente, mais espiritualizados, uma vez que ela não substitui o amadurecimento moral. Em se tratando de desenvolvimento espiritual, a reforma íntima ainda é a primeira tarefa. A leitura é apenas mais um instrumento a favor disso.

Deve-se tomar o cuidado, também, de não nos perdemos em meio à diversidade de perspectivas que a leitura nos apresenta. É necessário ser criterioso, exercer um saudável discernimento,  ater-se ao que for simples e essencial. Além disso, o auxílio de alguém mais experiente para nos orientar pode ser muito benéfico. Não precisamos cair nos mesmos buracos que outros já passaram.

Basta alguns minutos por dia para começar. Ninguém precisa se transformar em outra pessoa do dia para a noite. Aos poucos, vá consumindo os livros que te interessam e lhe agradam. Com o tempo, terá prazer em ler por horas seguidas. O resultado será seu desenvolvimento pessoal e, portanto, espiritual, tomando as devidas precauções contra a vaidade e arrogância.

O saber está aí, mais disponível do que jamais esteve, embora muitos ainda não tenham acesso a essa maravilhosa fonte de conhecimento e sabedoria. Mas se você possui condições de ler este pequeno artigo, acredito que possa também ler outros textos. Então, aproveitemos as ferramentas que estão ao nosso alcance e façamos bom uso do nosso saber.