A busca por prosperidade vai contra o espiritual?

Aquele que busca prosperidade, dinheiro, sucesso, emprego por meio de um dos diferentes caminhos espirituais está indo em direção contrária ao divino? A minha resposta é não, e eu vou explicar o porquê.

Para isso, é necessário entendermos primeiro um pouco de nossa missão aqui na Terra.

A questão é: a nossa principal escola aqui é a própria vida. Se estamos na matéria, é porque há lições nela que devemos aprender.

Os problemas principais que a vida apresenta a nós são nossos principais professores. A necessidade de sobreviver, manter família e filhos, ter boas relações com o cônjuge, parentes, colegas de trabalho. A perda de entes queridos. As grandes adversidades da vida. Tudo isso nos oferece valiosas lições para o nosso aprendizado espiritual.

Qual melhor forma de aprender ter paciência do que diante de pessoas que nos irritam? Como melhor aprender a ter fé do que se voltar a Deus quando as coisas parecem estar dando errado? Como melhor aprender a não julgar os outros quando nós mesmos sentimos a dor de sermos julgados? Como melhor aprender a ter disciplina, ser responsável, tomar o próprio destino nas mãos do que acordar cedo e trabalhar todo dia? Há um sentido para tudo.

Isso não significa ser passivo diante dos acontecimentos da vida. É justamente o contrário. É estar atento ao que está a acontecer conosco e a nossa volta, extrair a lição da situação e reagir a ela. Ir para a ação. É expressar, durante esta passageira vivência nossa na carne, a própria essência.

Não são poucas as pessoas que começam dar seus primeiros passos na espiritualidade buscando melhorar suas condições materiais. E elas não devem ser julgadas! Todos nós que estamos na Terra temos nossas lições a aprender, mas esta lição não é a mesma para cada um. Temos que entender que o que é importante para nós, não necessariamente é importante para o outro.

Ninguém sabe o que está por trás dessa busca, por exemplo, um emprego melhor. Muitas vezes, é um pai ou mãe, movido em seu amor por seus filhos, buscando para ele melhores condições de estudo e vida.

Não é errado buscarmos ter uma vida razoável, comida boa na mesa, alegria no dia-a-dia.

É claro, ressalvas são necessárias. Tudo isso que foi falado é muito diferente da busca exclusiva por riquezas materiais, carros luxuosos na garagem, empresas multimilionárias. Não devemos tornar o impulso de acumular bens o nosso objetivo de vida.

Por fim, quero concluir afirmando que há espiritualidade na matéria também. Aquela maçã deliciosa, o Sol pela manhã, o cheiro de um café, a brisa fresca no calor, as praias, as cachoeiras, as matas, o céu estrelado, a grama agradável aos pés, um cachorro nos recebendo com alegria, não são todas essas coisas expressões do amor e da glória de Deus?

fartura-wallpaper

Anúncios

3 pensamentos sobre “A busca por prosperidade vai contra o espiritual?

  1. Quando apenas o “espiritual” não é suficiente – ASTROCURA

  2. O corpo físico é importante para a nossa evolução espiritual? – ASTROCURA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s